IRMÃO SOL E IRMÃ LUA

IRMÃO SOL E IRMÃ LUA

A VINDA DE JESUS

A VINDA DE JESUS

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
Pastai as nossas almas, nos verdes prados do Senhor!

CÂNTICO DAS CRIATURAS - "SANTA CLARA E S. FRANCISCO DE ASSIS"

CÂNTICO DAS CRIATURAS - "SANTA CLARA E S. FRANCISCO DE ASSIS"

Louvado seja Deus!

Louvado seja Deus!
Como são lindas as aves do céu!

Origada Senhor porque criastes o mundo!

Origada Senhor porque criastes o mundo!
E as criaturas da terra!

SÍMBOLO DA PAZ

Chegará o dia em que o Homem conhecerá o íntimo dos animais. E neste dia um crime contra um animal, será considerado um crime contra a Humanidade. Leonardo da Vinci

IMAGEM TERNURENTA DOS LEÕES

IMAGEM TERNURENTA DOS LEÕES
“…Chegará o tempo em que os lobos e os carneirinhos pastarão juntos, os leões comerão palha como bois, e as cobras não atacarão mais ninguém…” Isaías 65:25

BEATA CHIARA LUCE. Rogai por nós!

CHIARA LUCE - uma santa do século XXI

CHIARA LUCE - uma santa do século XXI glitters

CHIARA LUCE - uma santa do século XXI - morreu em 1990 com 18 anos,desportista, fazia parte do movimento Focolares em Itália. Beatificada pelo Papa Bento XVI em 25 de Setembro de 2010

TOTUS TUUS

Beato João Paulo II - 01 de Maio de 2011 - Rogai por nós! Abençoai os jovens!

JESUS E AS CRIANÇAS

recados para orkut


Jesus disse: deixai vir a mim as criancinhas, pois delas é o reino do céu.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

A NATUREZA E DEUS



Minha Santa e Divina Igreja

"Veja o mundo num grão de areia,
veja o céu em um campo florido,
guarde o infinito na palma da mão,
e a eternidade em uma hora de vida!"

Em estado de doce reverência,
Caminho pelos amplos pátios de minha Igreja,
Contemplo seus mínimos detalhes,
Enlevo-me e comungo com todo seu Espírito.

Minha Igreja não está em lugar algum,
Ao mesmo tempo em que mora em todos os lugares:
Ela é os montes, as colinas, os mares, os riachos,
As flores, os sorrisos, os olhares e a palavra.

A sua linda cúpula habita as regiões das estrelas,
Abraçando toda a Terra num encontro celeste;
Seus vitrais são repletos de movimento e de graça,
Sussurrando e cantando em profunda sintonia.

Minha Igreja, que nem minha é,
Mas sim do Coração de Todos os Seres,
Respira tal qual um imenso ser vivo,
Mãe e Irmã de tudo o que Nela há.

Eu próprio sou um enfeite, uma única pérola,
Do lindo e reluzente colar
Que o próprio Deus confeccionou
Para brilhar no colo de sua Esposa.

Para surgir por trás das florestas de seus cabelos,
Brilhando em consonância com as estrelas de seu olhar,
De mãos dadas com o infinito céu de seu sorriso,
Em harmonia com o seu suave respirar.

Em silêncio e de olhos fechados,
De mãos postas no altar de nossos corações,
É possível para todos os que Nela estão
Mergulhar no oceano de sua sacralidade.

E comungar com o canto dos pássaros,
Com o doce murmúrio das árvores,
Com o diálogo dos nossos irmãos animais,
Com o Sonho de Toda Humanidade.

E o soberano e resplandecente Deus,
Que está em tudo e no interior de cada Coração,
Revela-se à medida que os seus filhos e filhas
Reconheçam a divindade de sua Criação.

Pois em todo peito humano há um altar sagrado
Que pede para ser expandido e reconhecido
Em todos os seres, em todas as culturas,
Em toda a vida em sua extensão e diversidade.

E este que assim vive jamais precisará se preocupar,
Pois seu viver será uma eterna oração,
Uma constante reverência ao divino criador,
Que por Amor nos concedeu sua mística Igreja.

Que nos permitiu viver no seio de sua santa Esposa
Como filhos que crescem e evoluem,
Brincando, caindo e aprendendo
A reconhecê-Lo nos seus mínimos detalhes.

A ver o absoluto cósmico num grão de areia,
E a ver um sorriso de criança na extensão do universo;
A reconhecer a voz de Deus num pedido de um simples transeunte,
A reconhecer um humano olhar na soberana vontade de Deus.

Entrelaçando no coração toda a Criação,
Como a costurar um belo vestido de presente
Para o divino casamento entre Deus e Natureza:
Pai de nossas almas, Mãe de nossos corpos.

Que almejam tornar-se um na essência de nosso Ser,
De modo que cada ato e cada vontade e cada sonho
Seja dirigido para todo o Cosmos,
Para a glória de Deus e beleza de nossa Mãe.

Para a constituição da Sagrada Família
Que transcende todas as fronteiras,
De nações, de corpos, de crenças, de idéias,
De raças, de espécies, de gênero, de posse.

E assim perceber no fundo de nossos corações
O verdadeiro pecado e a verdadeira profanação,
Que é permitir que um de nossos irmãos
Padeça da fome do corpo e do espírito.

E que mil orações proferidas não valem
O alimento verdadeiramente concedido
A um de nossos irmãos – linda pérola
Que deseja brilhar no colo de nossa Mãe.

Maravilhoso será o dia em que toda a humanidade,
De joelhos e em oração diante do altar de seus corações,
Puder contemplar o sublime e epifânico mistério
Do casamento sagrado entre nossos divinos pais.

A sorrir e se alegrar em completa beatitude
Diante da unicidade de tudo o que há,
No venerável espetáculo de beleza e de amor
Que há no suave toque de mãos entre Deus e Nature
***

Extraído de "Poemas Místico-Filosóficos", página 66
http://poemasmisticofilosoficos.blogspot.com

2 comentários:

  1. Olá minha querida!! :-)

    Vou postar o comentário que coloquei lá na CE para você!!

    Vixe, não é possível trazer para cá. Mas dá uma passadinha por lá, lhe deixei um video lindo do filme "Irmão Sol, Irmã Lua", que conta a história de Francisco e Clara!! :-)

    Super beijo, amiga!!
    Ah, e o poema não é de William Blake não, viu? (risos) Ele escreveu a quadrinha primeira e em aspas apenas!! :-)
    Fica com Deus no Coração!
    Marcel

    ResponderEliminar
  2. Obrigada, Macel, simpatia sua
    Um abraço fraterno en Jesus.
    Laureana

    ResponderEliminar